A Menina do Coração Tagarela

Esse coração fala demais.

A que mundo pertenço?


Até que ponto pode-se considera alguém louco? Louco pelo seu estado emocional ou louco pelo seu existencial? Nada que pudesse me dizer o contrário tentaria mudar as dúvidas e consertar as incertezas de uma vida, transformar o medo em possibilidade de viver e ao menos embebedar-se com o sabor do ar puro e talvez reconfortante.
O que me faz ser diferente dos loucos? Pela minha ‘capacidade’ de organizar idéias, de agrupar desejos, de ser complacentes com as atitudes ou ainda ser ‘igual’ a todo mundo? Gostaria que todas as minhas atitudes ‘adultas’ fossem como as das crianças: sinceras, puras, inocentes, inteligentes, verdadeiras. Não quero dizer que não sou assim, mas que fossem mais reais e menos emocionais.
Não sei como é o comportamento de uma pessoa ‘louca’, percebo que há maneiras diferentes, estranhas e que os outros seres não aceitam e reprimem com medicamentos e isolamento dessa gente igual a mim e a você.
Talvez nós sejamos os loucos e eles estejam certos em guiar-se para o seu mundo afugentando da loucura desse mundo que enlouquece todos os dias. Quem sabe, talvez, nós estejamos certos e eles errados que viver nessa loucura traz emoção pérfida e transparente envenenando o nosso ser e afundando o que resta de esperança.

4 Comentários:

Hello. This post is likeable, and your blog is very interesting, congratulations :-). I will add in my blogroll =). If possible gives a last there on my blog, it is about the Câmera Digital, I hope you enjoy. The address is http://camera-fotografica-digital.blogspot.com. A hug.

 

Acho que todo mundo possui um pouco de loucura só que em níveis diferentes uehuehuehuehe :)

:*