A Menina do Coração Tagarela

Esse coração fala demais.

Sonhe sempre comigo II

Aos poucos ela vai reconstruindo sua vida acabada pelo seu amor quando ele já não insistia em tê-la ao seu lado. E ainda aos pousos ela sobrevive sem ter caminhos a prosseguir, sem ter orientações, sem ter o seu quase e eterno amor. Ela sonhava, e como sonhavam em ter felicidade, em ter liberdade em ter um lugar para contar estórias, o que ela tem hoje é o desprezo, o desejo, o encontro com o real que para ela é o sonho que tenta despertar a cada minuto e não consegue... Ao lembrar-se do seu amor chora, lamenta, sorri e cai em prantos covamente, uma vez que tinha pensado que o seu amor era profundo demais para ser ferido e sofrer como ela, apenas ela, saber do que se trata... Ao ouvir canções que representava o sentimento, a cumplicidade entre eles, não desiste de viver, pois sabe que o melhor ainda está por vir na sua vida; enquanto isso murmura, enxerga, reclama aos quatro ventos sobre sua infelicidade, sem resposta... Chora! Desesperadamente não consegue manter-se em casa e sai. Observando cada lugar onde esteve presente a o lado do seu amor, entristece mais e chora menos. E como seria isso? Não há mais lágrimas. O que ficou foi uma mágoa profunda. E andando encontra o seu amor na rua como se estivesse a sua espera, sem acreditar no que via continuou a andar. O seu amor a chamou para conversar, mesmo magoada, aceitou. Então, foram para m lugar calmo e longe de perturbações. Ele tentando reconquistá-la, ela ainda sofrendo pelo o que aconteceu, ouvia cada palavra e sentia algo q pulsava mais forte e não queria sentir. A sua vontade era de senti-la, sentir mais perto, de poder abraçá-lo tão forte a ponto de ouvir o seu coração do seu amor, esta era sua vontade e ele querendo o mesmo. Até que ambos se entre olharam e não resistiram. Abraçados! Ficaram por muito tempo assim, até que ela olha para o seu amor e diz: Este é o fim, o fim de um sonho que sempre sonhei e você nunca parou e observou isso em mim. Desta vez ele é quem chora e ela sai daquele lugar. Ela volta para a sua casa para continuar sempre sonhando.